Taquari, 22 de Novembro de 2017
NOTÍCIAS
07/04/2017
Ação voluntária retira lixo da margem do Rio Taquari

Voluntários reuniram-se no sábado, 1º de abril, para a limpeza da margem do Rio Taquari e das ilhas, no trecho que pertence a Taquari. 
Realizada por funcionários da Cooperativa Certaja Energia, barqueiros, Patrulha Ecológica, entre outros, a ação estendeu-se pelo dia e recolheu cerca de 500 quilos de lixo. Foram retirados dois sofás, peças de banheiro, como vaso sanitário, classes escolares, colchão e mesa de PVC. 
O diretor do Moinho Taquariense, Andreas Elter, destacou a importância do trabalho. “As nossas iniciativas são exemplo. Tem que tentar mudar uma cultura, e isso é lento e gradativo. Quem sabe estas gerações que vêm aí enxerguem o mundo de outra forma”, afirmou. 
O voluntário da Patrulha Ecológica e que há alguns anos promove a limpeza, João de Souza Rolim, avaliou a quantidade recolhida. “Ainda tem muito lixo, mas já teve mais, tinha sacola nas árvores. Já mudou bastante. Mas haverá um dia que vamos nos reunir para comer um churrasco e não vai ter nada pra limpar”. Ele falou também sobre a necessidade de reunir mais voluntários na próxima ação, buscando a participação de entidades ligadas a indústria e comércio e citou o Projeto Viva o Taquari Vivo, de Lajeado, que, em março deste ano, desenvolveu uma ação simultânea em seis cidades (Lajeado, Estrela, Arroio do Meio, Bom Retiro do Sul, Cruzeiro do Sul e Venâncio Aires) recolheu quase quatro mil quilos da margem do Rio Taquari, reunindo mais de 900 pessoas. “Imagina que, se não tivesse esta ação deles, viria tudo aqui pra nós”, disse Rolim. 
O recolhimento do lixo da margem do Rio Taquari faz parte do projeto Dia C de Cooperar, desenvolvido pela Certaja. Ao longo do ano são promovidas ações que visam ao comprometimento da cooperativa para um mundo melhor. “A nossa ideia é mostrar ao pessoal para não sujar o rio”, destacou Leandro Cruz Vargas, da Certaja.
 

VÍDEO

No dia 16 de maio, um bugio que estava no Bairro Praia teve um choque ao deitar-se sobre os fios de energia elétrica. Ele caiu dos cabos da rede e foi socorrido por pessoas que estavam nas proximidades, entre elas, o agricultor Seloí Lang, conhecido por Nego do Rincão, que fez massagem e assoprou sua boca.

mais vídeos

 
CLIMA
 
EDIÇÕES
Contato
(51) 3653.3795
(51) 3653.4719
(51) 9861.6358

Copyright © Jornal O Fato Novo 2013. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por