Taquari, 21 de Janeiro de 2018
NOTÍCIAS
29/12/2017
Definida a empresa que realizará a reforma do Idesc

A comissão de licitação da Prefetura encerrou, na tarde de ontem, o processo de concorrênca pública das empresas interessadas em realizar a reforma do prédio do antigo Idesc/Seminário Seráfico. A Elmo Eletro Montagens Ltda, que possui matriz em São Paulo e filial em Porto Alegre, realizará a obra pelo valor de R$ 6.419.955,00.
A empresa havia sido a única habilitada na abertura da licitação. A outra interessada, a Empreiteira Construjunior Ltda, de Novo Hamburgo, havia apresentado documentação em que não constavam diversos serviços exigidos no edital e, por isso, acabou inabilitada no processo. A empresa teve cinco dias úteis para apresentar recurso sobre esta decisão, mas não se manifestou no prazo legal, que encerrou na última quarta-feira.
Diante disso, na manhã de ontem, foi aberta, pela comissão de licitação, a proposta orçamentária para a obra, apresentada pela Elmo Eletro Montagens, a única habilitada no processo. A empresa pediu R$ 6.419.995,00 para realizar a reforma, incluindo o material e a mão de obra do serviço. O valor está abaixo do máximo estipulado pela Prefeitura, que era de R$ 6.423.149,43.
No entanto, na proposta orçamentária, o juro calculado pela empresa acabou não coincidindo com o estipulado no edital, que seria de no máximo 12% ao ano. O problema ocorreu porque a empresa calculou o juro de 1% ao mês, que, no montante final, apresentava um aumento de cerca de R$ 80 mil em relação ao juro estipulado pela Prefeitura. A Administração Municipal entrou em contato com a empresa informando o equívoco, que foi corrigido ainda na tarde de ontem. Com a correção, o valor da obra com a taxa de juros será de R$ 7.912.486,07.
Às 15h30, com toda a documentação em mãos, o setor de licitação definiu que a Elmo Eletro Montagens era a vencedora do processo. Na ocasião, a empresa esteve representada por Rochelle Borges da Fonseca, que assinou a ata final da licitação. O contrato da Prefeitura com a empresa deve ser assinado na próxima semana. A Elmo tem oito meses para concluir a reforma.
A Prefeitura pagará a obra de forma parcelada, em 48 parcelas mensais, acrescidas da taxa de juros, que não poderá ser superior a 12% ao ano, calculadas pela tabela Sistema de Amortização Constante (SAC) e corrigidas mensalmente pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPCA), a incidir sobre o saldo devedor.
Após a reforma, o prédio será cedido à Zanc Assessoria de Cobrança, empresa que deve instalar um call center no local. O empreendimento deve gerar 600 empregos diretos em Taquari. A empresa também deve contratar prioritariamente mão de obra e serviços diretos e indiretos no município de Taquari; firmar convênio com a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) para viabilizar descontos em folha para compras de funcionários no comércio local e recuperar e conservar, de acordo com projeto elaborado pela Prefeitura, a Praça Dom Pedro II, localizada no Bairro Praia.
Se todos esses compromissos forem mantidos, em 10 anos, a Administração Municipal doará o prédio à Zanc Assessoria de Cobrança.
 

VÍDEO

No dia 16 de maio, um bugio que estava no Bairro Praia teve um choque ao deitar-se sobre os fios de energia elétrica. Ele caiu dos cabos da rede e foi socorrido por pessoas que estavam nas proximidades, entre elas, o agricultor Seloí Lang, conhecido por Nego do Rincão, que fez massagem e assoprou sua boca.

mais vídeos

 
CLIMA
 
EDIÇÕES
Contato
(51) 3653.3795
(51) 3653.4719
(51) 9861.6358

Copyright © Jornal O Fato Novo 2013. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por