Taquari, 19 de Agosto de 2018
NOTÍCIAS
26/01/2018
Buscando mais

Os principais objetivos do Esporte Clube Pinheiros para 2018 são o fortalecimento do quadro social e das parcerias com empresas locais, além da busca por um bom resultado no Campeonato Estadual Juvenil 2018. No fim da tarde da última terça-feira, o clube apresentou o elenco que disputará o Gauchão. Até o início do certame, previsto para 8 de abril, devem ser realizadas mais contratações.
Nesta semana, o presidente do Pinheiros, Rui Martins, eleito em novembro para a gestão de 2018, conversou com O Fato Novo sobre a expectativa para o campeonato e os projetos do clube para este ano. Confira, a entrevista.
 
O Fato Novo - Quais suas principais metas na gestão do clube em 2018?
Rui Martins - Juntamente com a diretoria empossada no final de novembro, nosso objetivo é continuar o trabalho que vinha sido desenvolvido pelo presidente Cláudio Rocha. Dar continuidade ao projeto do futebol de base, uma tradição do E.C. Pinheiros. Ano passado, nós tivemos aqui em Taquari os maiores públicos de futebol em jogos de categoria de base do estado do Rio Grande do Sul, em competições oficias da FGF. Isso mostra o quanto o povo da cidade gosta de futebol e, principalmente, do Pinheiros. Outras metas, e estas fundamentais para a continuidade deste trabalho, são o estreitamento de relação com as empresas locais e o fortalecimento do nosso quadro social.
 
OFN - Quais os objetivos do clube para este ano?
Rui - O Esporte Clube Pinheiros tem uma enorme tradição no estado do Rio Grande do Sul na participação em campeonatos de categoria de base. Para o ano de 2018, os objetivos do clube são, na parte esportiva, disputar o Campeonato Gaúcho de Juvenil (Sub-17) da Federação Gaucha de Futebol (FGF). Na parte social, nosso objetivo é trazer a sociedade para dentro do clube, fazer com que o Pinheiros possa estar ligado ao nome de Taquari. Para isso lancamos uma nova campanha de sócios, com o objetivo de aproximar os sócios do clube, trazendo diversos benefícios para que mais pessoas possam vir fazer parte da família pinheirense.
 
OFN - Qual será o investimento para participar do certame?
Rui - O clube irá necessitar de um orçamento para o futebol, algo em torno de R$100.000,00. Apenas com o futebol, não incluindo aqui as despesas para a manutenção do patrimônio que também são altas. E para fazer futebol, o patrimônio, deve estar em dia. Isso não é fácil.
 
OFN - Além destes jogadores que se apresentaram, haverá mais contratações? Há carência em alguma área?
Rui - Sim. Embora tenhamos uma boa base do ano passado, quando fomos o quinto melhor time do estado na categoria sub-15, estaremos, até o início do certame, com constantes avaliações para tentarmos qualificar cada vez mais nosso elenco. Como as condições financeiras são limitadas, iremos avaliar a condição de mais alguns reforços pontuais.
 
OFN - Serão quantos jogadores de fora? De que municípios? Onde ficarão alojados?
Rui - Serão em torno e 12 jogadores que ficarão no alojamento do próprio clube, que contará com zeladoria 24h e câmeras de monitoramento para segurança de todos. Estes jogadores vêm das mais diversas partes do RS (Caxias do Sul, Triunfo, Montenegro, Tapes) e há a possibilidade de vir um ou mais atletas de fora do RS.
 
OFN - Qual a expectativa para o Estadual deste ano?
Rui - Nossa responsabilidade aumenta perante nosso torcedor, pois no ano passado tivemos um êxito, pois o clube vinha de uma longa parada em termos de competições da FGF. Este ano teremos uma competição mais longa, com mais clubes e com atletas já mais próximos da maturidade de uma equipe profissional. Mas, esperamos fazer um belo trabalho e representar bem Taquari por todo o estado do RS.
 
OFN - O clube tem recebido apoio de empresas locais? Ainda está em busca de apoiadores?
Rui - Sim. Foi lançado no final do ano passado um projeto junto às empresas locais, chamado de Revitalizar. Estamos na fase de visitas a estas empresas e a aceitção tem sido boa. Afinal de contas, o Pinheiros é um clube com um grande numero de sócios e simpatizantes, tem uma credibilidade muito grande em toda a sociedade, além de desenvolver um projeto social, juntamente com escola Pinheiros Duttra, muito importante e reconhecido no município. Isso faz com que as empresas gostem da ideia de associar seus nomes ao do clube, pois sabem que ali o trabalho será desenvolvido da maneira mais correta possível.
 

 

VÍDEO

No dia 16 de maio, um bugio que estava no Bairro Praia teve um choque ao deitar-se sobre os fios de energia elétrica. Ele caiu dos cabos da rede e foi socorrido por pessoas que estavam nas proximidades, entre elas, o agricultor Seloí Lang, conhecido por Nego do Rincão, que fez massagem e assoprou sua boca.

mais vídeos

 
CLIMA
 
EDIÇÕES
Contato
(51) 3653.3795
(51) 3653.4719
(51) 9861.6358

Copyright © Jornal O Fato Novo 2013. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por