Taquari, 21 de Agosto de 2018
NOTÍCIAS
26/01/2018
Polo de Ensino a Distância da Univates é inaugurado

O polo será coordenado por Ana Paula e Daniela Bastos. Durante a cerimônia, Daniela Bastos falou sobre o retorno da instituição a Taquari. “Esperamos que o polo contribua para o desenvolvimento da nossa cidade”, afirmou. 
Na tarde de ontem, quinta-feira (25), já foi aplicada a prova para interessados em ingressar em um curso de graduação ou tecnológico na modalidade a distância. Em 2018, são oferecidos 13 cursos de graduação e tecnológicos, com mensalidades a partir de R$ 272,60. 
A secretária de Educação de Taquari, Ana Paula Arnt, parabenizou as coordenadoras pelo empreendimento e da importância do polo na cidade. “Para o nosso município vai agregar muito, porque a gente está recebendo uma empresa de Call Center e precisamos de mão de obra qualificada e gente com mais conhecimento”, disse.
A cerimônia também contou com a presença do reitor da Univates, Ney Lazzari, que recordou a história da Univates em Taquari, que já possuiu um polo no IDESC. “Já estivemos aqui. Com o tempo, acabamos nos retirando de Taquari por causa da falta de alunos. Agora, com o ensino a distância, voltamos para Taquari e certamente as pessoas que não tinham recursos para fazer a graduação agora poderão fazer”, comentou.
O reitor também falou sobre os benefícios da educação, destacando as vantagens da educação a distância. “O diploma do EAD é igual ao do diploma do presencial. Não muda em nada. Mantemos a qualidade padrão da Univates”, disse. A ideia é que, futuramente, os estudantes do EAD também possam vir a usufruir a estrutura do campus de Lajeado. Segundo ele, hoje, no Brasil, em torno de 20% dos estudantes universitários estão nessa modalidade. Somente no Rio Grande do Sul, de 500 mil alunos, quase 100 mil estudam a distância. “As salas de aula tradicionais estão em questionamento. E há uma geração toda que se dá muito bem com as tecnologias”, afirmou.

VÍDEO

No dia 16 de maio, um bugio que estava no Bairro Praia teve um choque ao deitar-se sobre os fios de energia elétrica. Ele caiu dos cabos da rede e foi socorrido por pessoas que estavam nas proximidades, entre elas, o agricultor Seloí Lang, conhecido por Nego do Rincão, que fez massagem e assoprou sua boca.

mais vídeos

 
CLIMA
 
EDIÇÕES
Contato
(51) 3653.3795
(51) 3653.4719
(51) 9861.6358

Copyright © Jornal O Fato Novo 2013. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por