Taquari, 18 de Junho de 2018
NOTÍCIAS
06/04/2018
Apenas 10% do imposto de renda que pode ser destinado a entidades ficou em Taquari

Dados obtidos pelo delegado do Conselho Regional de Contabilidade (CRC/RS), Manoel Valfreu Faleiro, mostram que, em 2016, foram 1.370 declarações de imposto de renda feitas em Taquari por contribuintes que poderiam fazer doação de parte do imposto devido, o que representava um montante de R$ 6.691.180,48.
Destes, R$ 401.470,83 poderiam ter sido destinados a entidades do município, porém, apenas 10,21% teve este encaminhamento, ou seja, R$ 40.999,85. O restante, R$ 360.470,98 voltou para o bolo de receitas do Governo e deixou de ser aplicado nas instituições locais. A declaração do imposto de renda pessoa física deve ser feita até o dia 30 de abril e o contribuinte que fizer o modelo completo pode destinar até 3% a instituições que trabalham com crianças e adolescentes, às ligadas a atendimento de idosos ou projetos de cultura, audiovisual e esportes, aprovados pelas leis de incentivo dos ministérios. 
Já quem fizer a doação até 30 de dezembro, poderá destinar até 6% do imposto que será apurado na declaração do próximo ano. Para o delegado do Conselho, a doação do recurso é uma forma de contribuir com a qualidade de vida no município, através do investimento em projetos sociais. “O profissional da contabilidade está apto a orientar os contribuintes para uma destinação segura sem aumento nos gastos”, diz. Além de haver um controle melhor por parte do contribuinte de onde e como será utilizado parte do seu imposto, pois terá condições de fiscalizar ou visualizar a sua utilização. Segundo ele, os contribuintes Pessoa Física que fazem a declaração no modelo completo podem destinar até 3% do imposto de renda devido a projetos sociais dos fundos da criança e do adolescente de seus municípios ou Estado. “Quem tiver o imposto a restituir e fizer a doação, terá o valor acrescido na restituição, corrigido pela taxa Selic. As pessoas jurídicas que declaram pelo lucro real também podem destinar, mas o percentual fica limitado a 1% do total devido”.  A diretora da Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), Nilvana Lazarini, diz que as doações recebidas nos últimos anos foram fundamentais para a manutenção dos serviços educacionais e terapêuticos que a instituição presta, gratuitamente, às pessoas com deficiência de Taquari. “Pedimos às pessoas que declaram seu imposto de renda pelo sistema completo e tem imposto a pagar, que façam doação para o Fundo Municipal da Criança e Adolescente, é o seu imposto chegando mais rápido e realmente ajudando as entidades do seu município”.
 

VÍDEO

No dia 16 de maio, um bugio que estava no Bairro Praia teve um choque ao deitar-se sobre os fios de energia elétrica. Ele caiu dos cabos da rede e foi socorrido por pessoas que estavam nas proximidades, entre elas, o agricultor Seloí Lang, conhecido por Nego do Rincão, que fez massagem e assoprou sua boca.

mais vídeos

 
CLIMA
 
EDIÇÕES
Contato
(51) 3653.3795
(51) 3653.4719
(51) 9861.6358

Copyright © Jornal O Fato Novo 2013. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por